PROJETO DE FORMAÇÃO

vilaverde
Moure – Carranca
Prado – PonteII
T. Bouro – Pontes R. Caldo
Prado – ponte
T. Bouro – Vilarinho
Amares – ponte do porto
Amares – Mosteiro Bouro
VV lenço

O Projeto de Formação CFAC surge no âmbito dos quatro compromissos a ele dedicados, constantes da Carta de Missão do Diretor do Centro de Formação do Alto Cávado, que têm como objetivo primeiro: promover a qualidade dos serviços prestados/orientados pelo Centro de Formação, de forma a contribuir para uma melhoria das práticas docentes e consequente sucesso educativo.

O Plano de Formação-CFAC foi alicerçado nas necessidades/interesses das escolas associadas, tendo como base o alcance de uma pedagogia mais participativa e uma conceção de professor como profissional autónomo, como se pode ler nos pressupostos teóricos deste Plano.
Este terá a abrangência temporal de dois anos escolares – 2018/19 e 2019/20 e, no horizonte temporal do PFA-CFAC, teve-se em conta a candidatura ao POCH de muitas das ações de formação que nele constam, privilegiando ações relacionadas com o projeto de Autonomia e Flexibilidade Curricular e respetivos normativos (Decretos-Lei nºs 54 e 55/2018 de 6 de julho), e ainda, uma formação mais prática e crítica do que técnico-especialista, de base experimental, de formação contínua.